Lições da geração de Moisés

Mike Parsons

Vou falar sobre três gerações. A geração de Moisés, da qual você não gostará de fazer parte, conforme veremos a seguir. A geração de Josué, na qual eu vou focar nos próximos posts. E finalmente, a geração de Jesus, que verá o retorno do Senhor.

Deus está recolhendo uma geração para preparar outra. Essa palavra me marcou quando eu estava num jejum alguns anos atrás. Eu vi no espírito uma geração inteira morrendo e uma nova geração sendo levantada. Eu sei que Deus estava dizendo algo significativo.

Para nós é muito importante entender o que significa a geração de Moisés:

Ora, irmãos, não quero que ignoreis que nossos pais estiveram todos sob a nuvem, e todos passaram pelo mar, tendo sido todos batizados, assim na nuvem como no mar, com respeito a Moisés. Todos eles comeram de um só manjar espiritual e beberam da mesma fonte espiritual; porque bebiam de uma pedra espiritual que os seguia. E a pedra era Cristo. Entretanto, Deus não se agradou da maioria deles, razão por que ficaram prostrados no deserto.Ora, estas coisas se tornaram exemplos para nós, a fim de que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram. Não vos façais, pois, idólatras, como alguns deles; porquanto está escrito: O povo assentou-se para comer e beber e levantou-se para divertir-se. E não pratiquemos imoralidade, como alguns deles o fizeram, e caíram, num só dia, vinte e três mil. Não ponhamos o Senhor à prova, como alguns deles já fizeram e pereceram pelas mordeduras das serpentes. Nem murmureis, como alguns deles murmuraram e foram destruídos pelo exterminador. Estas coisas lhes sobrevieram como exemplos e foram escritas para advertência nossa, de nós outros sobre quem os fins dos séculos têm chegado. (1 Cor 10:1-11 RA).

Apesar de Deus ter mostrado ao povo todas suas promessas e a Terra Prometida, eles se recusaram a ir, preferiram continuar no lugar onde estavam acostumados, e na força do seu próprio entendimento. “Estas coisas lhes sobrevieram como exemplos e foram escritas para advertência nossa”, isso nos mostra o quanto é importante. Não queremos perder o que Deus está fazendo, por essa razão precisamos saber o que pode nos impedir. Estamos experimentando um tempo em que o fogo da presença de Deus está aqui para nos refinar e nos limpar, a fim de nos preparar para o que está por vir.

Nós não queremos operar em idolatria. Sabemos que idolatria é priorizar qualquer coisa mais do que a Deus. Nossos ídolos são pedras de tropeço no nosso coração, as quais Deus está ajuntando e removendo de nós. Deus está dando a nossa geração a oportunidade de escolher.

Há alguns paralelos óbvios nessa história:

Saída da servidão do Egito – Salvação
Travessia do Mar Vermelho – Batismo nas águas
Coluna de nuvem e fogo – Batismo no Espírito Santo
O deserto – Teste, preparação e transformação
Travessia do Jordão – Tomar posse do destino
Terra Prometida – Herança do Reino (mas envolve matar gigantes)

Deus nos chamou para sermos matadores de gigantes. Nossa Terra Prometida não é apenas física. Há um aspecto físico: “Venha o teu Reino. Que a tua vontade seja feita aqui na terra como é feita no céu!”, a Adão e Eva foi dada a ordem de trazer o reino de Deus na terra, governá-la e subjugá-la. No entanto, Deus está levando o seu povo a uma dimensão que vai além daqui da terra, e que envolve o reino dos céus. Dessa forma, para nós “Terra Prometida” não é apenas tomar posse de todas as coisas boas da terra, mas sim estar assentado com Cristo nas regiões celestes, exercendo a autoridade do céu na atmosfera terrestre. Como igreja, temos tronos de autoridade – cada igreja e pessoas de Deus têm tronos de autoridade. No entanto, a maioria das pessoas não tem entendimento sobre isso, pois nunca estiveram lá, nem sentaram em seus tronos. Temos que ir às cortes do céu, para obter julgamentos que irão afetar a atmosfera da terra e o reino físico, por que isso é parte da nossa herança, parte da nossa “Terra Prometida”.

Vamos ver o que aconteceu com o povo de Israel quando chegaram nas fronteiras da “Terra Prometida”:

Aí o povo começou a reclamar contra Moisés, mas Calebe os fez calar e disse: —Vamos atacar agora e conquistar a terra deles; nós somos fortes e vamos conseguir isso! Porém os outros que tinham ido com ele disseram: —Não. Não podemos atacar aquela gente, pois é mais forte do que nós. Assim, espalharam notícias falsas entre os israelitas a respeito da terra que haviam espionado. Eles disseram: —Aquela terra não produz o suficiente nem para alimentar os seus moradores. E os homens que vimos lá são muito altos. Também vimos ali gigantes, os descendentes de Anaque (que são parte dos Nefilins). Perto deles nós nos sentíamos tão pequenos como gafanhotos; e, para eles, também parecíamos gafanhotos. (Num 13:30-33 NTLH).

Vejamos o que fez com que eles falhassem em tomar posse da herança, quando tiveram escolha. Josué e Calebe trouxeram um relato positivo. Os outros espias, porém, viram obstáculos, que incluíam os gigantes e os Nefilins (e nós entendemos um pouco sobre quem eram os Nefilins), e retrocederam. Não estavam preparados para ir, lutar e tomar posse da terra. Como resultado, toda aquela geração perdeu a promessa de Deus.

No entanto, apesar daquela geração dizer não para Ele, a resposta de Deus foi: “Mas, pela minha vida e pela minha presença gloriosa que enche toda a terra” (Num 14:21). Ele iria levantar outra geração, que faria a vontade Dele. Isso é o que acontece hoje. A vontade de Deus será feita de uma maneira ou de outra: cabe a nós escolher se vamos querer fazer parte ou não.

Artigo original (em Inglês)
Anúncios

Autor: Freedom ARC

Freedom Apostolic Resource Centre, Barnstaple, UK.

Um comentário em “Lições da geração de Moisés”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s