Suba aqui – Trazendo os Ceús para Terra

Mike Parsons

Nos últimos posts nós vimos as primeiras 20 características da geração de Josué. Antes de prosseguirmos nessa aventura e vermos as próximas 20, nesta semana quero explorar algo que eu tinha dado apenas uma pincelada.

A geração de Moisés

Você se lembra como a geração de Moisés falhou para entrar na terra? Eles saíram do Egito, mas ficaram andando em círculos ao invés de entrar na Terra Prometida, o porquê está registrado nas escrituras para que possamos aprender, e servir de exemplo.

Irmãos, eu quero que vocês lembrem do que aconteceu com os nossos antepassados que seguiram Moisés. Todos foram protegidos pela nuvem e passaram pelo mar Vermelho.Como seguidores de Moisés, eles foram batizados na nuvem e no mar.Todos comeram da mesma comida espiritual e beberam da mesma bebida espiritual. Pois bebiam daquela rocha espiritual que ia com eles; e a rocha era Cristo. Mas Deus não ficou contente com a maioria deles, e por isso eles morreram, e os seus corpos ficaram espalhados no deserto.

Tudo isso aconteceu a fim de nos servir de exemplo, para nós não querermos coisas más como eles quiseram, nem adorarmos ídolos, como alguns deles adoraram. Como dizem as Escrituras Sagradas: “o povo sentou-se para come e beber e se levantou para se divertir.” Não devemos cometer imoralidade sexual, como alguns deles fizeram. E, porque eles fizeram isso, vinte e três mil deles caíram mortos num dia só.Não devemos pôr à prova a paciência de Cristo, como alguns deles fizeram, e por isso foram mortos pelas cobras.Vocês não devem se queixar, como fizeram alguns deles, e por isso foram destruídos pelo Anjo da Morte. Tudo isso aconteceu com os nossos antepassados a fim de servir de exemplo para os outros, e aquelas coisas foram escritas a fim de servirem de aviso para nós. Pois estamos vivendo no fim dos tempos. (1 Cor 10:1-11).

Um bilhão de trabalhadores

A geração de Moisés não entrou na Terra por causa do que eles viram que teriam que enfrentar: gigantes. E quanto a nós, entraremos na nossa Terra Prometida? A geração de Josué vai equipar uma colheita de um bilhão de trabalhadores no sobrenatural para que o céu seja trazido na terra. Tais trabalhadores serão os ceifeiros que irão fazer a última colheita no fim dos tempos. A batalha contra as trevas vai se tornar cada vez mais intensa, por isso será necessário um número tão grande de trabalhadores, mas quando a luz resplandece em meio às trevas, as trevas são dissipadas. Esses ceifeiros são a geração de Jesus, aqueles que verão o retorno Dele.

Alguns daqueles que estão lendo isso serão da geração de Josué, e alguns serão da geração de Jesus. Espero que nenhum dos que estão lendo isto seja da geração de Moisés – eu não quero que você fique no deserto.

Assim na terra como no céu

Aqui estamos nós. Deus está manifestando Seus propósitos, e o fim dos tempos está chegando. Precisamos de revelação do Senhor se nós quisermos ver como as coisas são no céu para podermos trazê-las para terra. Isso é o que significa quando você ora “assim na terra como no céu”. Cabe a nós trazermos os céus para terra.

A geração de Josué será uma geração de precursores que espiaram a terra. Talvez o que nós não tenhamos compreendido plenamente é que isso não se trata apenas de coisas terrenas, para operarmos na plenitude do reino, precisamos operar tanto na terra quanto no céu. Parte da tarefa de espiar será feita na atmosfera terrena, e outra parte será feita no reino dos céus.

O Senhor ofereceu à geração de Moisés a terra prometida, mas a vasta maioria deles disse “Não podemos entrar”. No início da jornada para terra prometida, Deus queria que todo o povo de Israel se encontrasse com Ele no topo da montanha, mas eles tiveram medo dos relâmpagos, do fogo e da fumaça, então disseram para Moisés, “Você vai, e nos diga o que Deus fala”. Nós não podemos ir.

Hoje da mesma forma Deus oferece a todos nós acesso as regiões celestiais, porque Jesus abriu o caminho para nós, quando o véu foi rasgado no momento de Sua morte. O propósito do Senhor é que cada um de nós possamos experimentar tudo o que Ele tem para nós. No entanto há muitos que estão como o povo de Israel dizendo “Nós não podemos ir”.

Responsabilidade

O reino de Deus está relacionado com governo, autoridade e domínio. O Senhor quer que nós aprendamos a governar nossas vidas, e a governar no reino espiritual para que possamos trazer céu na terra. Além disso, precisamos aprender a liderar e equipar a geração de Jesus para possuir a terra prometida. A palavra hebraica para “possuir” significa “herdar através de domínio, desapropriação e se tornar herdeiro”. Nós fomos feitos como seres espirituais, para acessar o reino dos céus. Adão quando foi criado, tinha acesso ao reino espiritual. Não havia nada para impedi-lo. Somente o pecado o fez perder o acesso. A glória em que ele estava revestido foi removida, ou seja, é como se uma “conexão de internet banda larga” de revelação fosse tirada dele, sendo assim ele não poderia ver coisas que exigissem uma conexão melhor – o reino dos céus.

Algo importante que precisamos entender é que tudo a respeito do reino de Deus tem um começo e um fim, mas o começo e o fim são sempre os mesmos. O pensamento hebraico é sempre circular, não é linear como o pensamento grego. O pensamento linear apresenta o céu em camadas – primeiro céu, segundo céu e terceiro céu – mas o céu não é assim. Pode ter sido mais fácil para a mente ocidental raciocinar assim, mas é um erro. O céu não tem camadas, tem dimensões de autoridade. Quando lemos sobre o terceiro céu nas cartas de Paulo logo imaginamos que se há um terceiro céu, então certamente há o primeiro céu e o segundo. Todavia, o pensamento hebraico não quer dizer isso.

Para que o reino Deus venha na terra como é o no céu, teremos que cumprir o mandato de Adão, ou seja, exercer domínio no reino espiritual e em consequência disso influenciar o reino natural ou mundo físico. Quando cumprirmos esse mandato, veremos a glória do Senhor encher a terra (Num 14:21).

Nós temos que ter a experiência de operar no reino dos céus, se quisermos que outras pessoas experimentem isso. Deus está fazendo isso no meio do Seu povo agora mesmo. O Senhor está trazendo revelação, para que possamos ter acesso ao reino espiritual, e sendo assim operarmos em dois reinos, o terreno e o celestial. Precisamos aprender governar no reino dos céus, e então trazer aquilo que foi liberado no céu para terra.

Exerça autoridade

Antes que possamos governar na terra, nós precisamos exercer autoridade nas regiões celestiais.

Nós temos que subir e descer descer (subir ao Céu para obter autoridade e descer para terra para exercê-la), antes de seguir adiante. O problema é que temos tentado trazer os céus enquanto permanecemos ainda na terra. Essa é a razão pela qual temos sofrido tanta retaliação do inimigo, estamos tentando lutar contra os principados e potestades usando a dimensão terrena de autoridade que temos aqui. Precisamos buscar a autoridade celestial para derrotá-los. Esta é uma dimensão diferente de autoridade. Para exercermos autoridade celestial, temos subir aos céus e trazê-la para a terra conosco.

Na ilha de Patmos, em espírito, João ouviu uma voz dizendo “Suba aqui” (Ap 4.1). Essa mesma voz está falando conosco hoje. Você está ouvindo?

Outros artigos de Freedom ARC

Artigo original (em Inglês)

Trilha Sonora: Jesus Culture – Come Away legendado Inglês e Português (YouTube)

Anúncios

Autor: Freedom ARC

Freedom Apostolic Resource Centre, Barnstaple, UK.

3 comentários em “Suba aqui – Trazendo os Ceús para Terra”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s