Características da Geração de Josué (#26-30)

Mike Parsons – 

Josué levou os filhos de Israel para sua herança. Se quisermos fazer o mesmo, que tipo de pessoas devemos ser?

26 A geração de Josué se tornará conhecida e chamará a atenção pública.

Notícias do mundo
Notícias do mundo

Antes do reavivamento que experimentamos em 2011, ninguém fora de North Devon nos conhecia. De repente, por causa do que Deus começou a fazer aqui, todos os tipos de pessoas, de todo país começaram a nos notar, e a procurar construir um relacionamento conosco.

Desde então outras coisas aconteceram – entre elas, Ian Clayton veio aqui, e fala de nós aonde ele vai – que nos tornaram conhecidos em todos os países do mundo. Nosso blog em Inglês é acessado por pessoas do Reino Unido, Europa, África, América, Austrália, e do Oriente. Temos contato com grupos de crentes de diferentes fusos horários via Google hangouts.

Quem poderia imaginar isso? Não planejamos nada. Mas isso é propósito de Deus. Ele quer que ajudemos outras pessoas a entrar na mesma revelação que recebemos, e quer que nós as equipemos e capacitemos elas a possuírem sua própria herança.

Assim o SENHOR Deus esteve com Josué, e a fama de Josué se espalhou por todo o país. (Josué 6:27)

Na verdade isso tudo não é sobre a nossa fama e sim a fama de Deus. Estamos aqui para fazer com que Deus seja conhecido em toda terra. Mas ao longo do caminho teremos reconhecimento público, e junto com ele batalhas públicas. Tais batalhas acontecerão por que o que estamos trazendo irá causar uma reação tanto na dimensão espiritual quanto na terrena.

Todos os tipos de críticas e acusações serão feitas por causa do que estamos fazendo. Para muitas pessoas é difícil entender e aceitar essa revelação acerca do acesso ao reino dos céus. Então muitos dirão que estamos usando a Nova Era ou Ocultismo. As pessoas disseram o mesmo sobre Jesus (Mateus 12:24-28), sendo assim temos que estar prontos para isso.  Precisamos estar seguros em relação a nossa identidade e a revelação que o Senhor nos deu. De um jeito ou de outro estaremos à vista do público. Dessa forma precisamos ter certeza de que não há nenhum orgulho naquilo que estamos fazemos. Temos que ser humildes e lembramos que somos apenas vasos usados pelo Senhor. Tudo o que fazemos é para Ele. Portanto devemos governar nossa casa, lidar com todo pecado e iniquidade que houver em nós, e remover qualquer pedra de tropeço que existir em nossas vidas.

Se tivermos necessidade de afirmação ou reconhecimento de homens, temos que tratar com isso, porque a única aprovação que realmente precisamos é a do Senhor. Todavia, se recebermos aprovação e reconhecimento das pessoas, vamos receber com um coração grato, mas então iremos e trocaremos no piso de negociações do céu. Vamos lançar nossa coroa diante Dele.

27 A geração de Josué irá se posicionar radicalmente contra o pecado

O pecado será exposto. Isto sempre aconteceu, mas vai acontecer de uma forma mais intensa, pois toda a dimensão dos anjos será ativada para expor pecados.

Levante-se e vá santificar o povo. Diga que se purifiquem para amanhã porque eu, o SENHOR, o Deus de Israel, digo isto: “Israelitas, vocês estão guardando algumas coisas que eu mandei destruir. Enquanto não se livrarem delas, vocês não poderão enfrentar os inimigos”…  Então aquele que o sorteio indicar que ficou com essas coisas será queimado: ele, a sua família e tudo o que possui. O que esse homem fez foi terrível: ele quebrou a aliança que o meu povo fez comigo.” (Josué 7:13, 15)

Nós não podemos ter no nosso meio nada que nos impeça de vencer o inimigo. Precisamos enxergar aquilo que tem que ser removido.  Essa é a função dos anjos da colheita, eles removem as pedras de tropeço do nosso meio. O Senhor quer nos levar a purificação, e ao refinamento: o calor da fornalha de Deus está aumentando, para trazer todas as impurezas do ouro para superfície. Então, quando as impurezas são removidas, a superfície do ouro se torna um espelho que reflete a glória de Deus. Isso é o que deve acontecer nas nossas vidas, devemos refletir a glória do Senhor, para que possamos refletir o céu, na terra.

Estamos entrando numa época em que será muito importante entender a história de Ananias e Safira (Atos 5:1-10). Eles mentiram ao Espírito Santo e caíram mortos. Quando começarmos experimentar as coisas que o Senhor está nos revelando, o nosso nível de responsabilidade irá aumentar. E com mais responsabilidade, certamente haverá mais poder e autoridade, mas o nível de pureza e santidade exigidos para operar nessa dimensão será muito maior.

Eu tenho que entrar no fogo de Deus por mim mesmo. E estou te ensinando o caminho, mas cabe a você decidir o que você vai fazer com isso. Estou fazendo a minha parte, você tem que decidir qual será sua resposta. Você vai entrar no fogo? Seja qual for sua escolha, você irá colher os frutos.

28 A geração de Josué terá o cuidado de sempre buscar o conselho do Senhor antes de tomar decisões.

Como vimos antes, fazer coisas na terra sem antes ter ido ao céu é perigoso. Não devemos fazer isso.

Os homens de Israel aceitaram a comida deles, porém não pediram conselho a Deus, o SENHOR. Josué fez um acordo de paz com os gibeonitas, prometendo que não seriam mortos. E os líderes do povo de Israel juraram que cumpririam a sua palavra. (Josué 9:14-15)

Eles fizeram aliança com pessoas que os enganaram, fingindo que não eram habitantes da terra, e que tinham vindo de um lugar muito distante.  Josué não ergueu os olhos aos céus para ver. Essa aliança com os gibeonitas foi um grande problema para Israel por gerações. Eles fizeram aliança com o inimigo, por que não buscaram primeiro o conselho de Deus.

Nós não devemos tomar decisões baseadas no que parece bom. As aparências enganam. Não podemos confiar em nossa visão canal, precisamos ver na dimensão do espírito se estamos tomando a decisão correta. Isso nos manterá seguros.

29 A geração de Josué colocará o inimigo debaixo de seus pés.

O inimigo aqui não são pessoas. Não podemos por pessoas debaixo dos nossos pés. Não podemos pisar em pessoas, nem derrubá-las. Honramos e respeitamos as pessoas, e as tiramos do cativeiro, para que vivam em liberdade. Isso significa expulsar demônios, destruir fortalezas, e lidar com uma realidade espiritual que vai além do que vemos no natural. Precisamos ver os gigantes, os dragões, e todos outros principados, potestades e governadores das dimensões de trevas derrotados. É assim que colocamos o inimigo debaixo dos nossos pés.

Nessa passagem, os reis representam os governadores na dimensão espiritual:

…e os levaram a Josué. Josué chamou os homens de Israel e ordenou aos oficiais do exército que tinham ido com ele: — Venham aqui e ponham os pés no pescoço destes reis. Eles fizeram isso. Aí Josué disse: — Não tenham medo; não percam a coragem. Sejam fortes e corajosos porque o SENHOR fará isso com todos os inimigos que vocês enfrentarem. (Josué 10:24-25)

Através do poder e vitória da cruz, Jesus expôs publicamente ao desprezo os principados e potestades (Colossenses 2:15), e eles não tem mais autoridade. Temos autoridade sobre eles. Ainda não nos apropriamos devidamente da nossa autoridade, mas estamos começando. Temos que governar sobre eles, e colocar os governadores dessas dimensões de trevas debaixo dos nossos pés.

30 A geração de Josué fará grandes sinais e maravilhas.

No dia em que o SENHOR deu a vitória aos israelitas na luta contra os amorreus, Josué falou com ele. E, na presença dos israelitas, disse: “Sol, fique parado sobre Gibeão! Lua, pare sobre o vale de Aijalom!” O sol ficou parado, e a lua também parou, até que o povo se vingou dos seus inimigos. Estas palavras estão escritas no Livro do Justo. (Josué 10:12-13a).

Um acontecimento sobrenatural: o tempo parou. Isso deu a eles a oportunidade de derrotar seu inimigo.

(O livro do Justo mencionado aqui, foi excluído do canon das escrituras pelo Conselho de Nicéia, que estava sob a autoridade do imperador Constantino. Ele não queria que esse tipo de coisa fosse conhecida, porque ele não queria que crentes comuns soubessem que poderiam governar. Ele queria governar, através de pastores na igreja pagos por ele. Isso deu origem a estrutura institucional que conhecemos hoje, e que até agora tentamos nos livrar. Ian Clayton ministrou sobre isso. Eles tentaram também excluir I e II Pedro e Judas (que fala coisas interessantes que não há em nenhum outro lugar nas escrituras). Esses livros falam sobre entrar nas dimensões espirituais e operar com autoridade e poder nas regiões celestes. Há muitos outros livros que eram considerados inspirados que não fazem parte do nosso Canon das escrituras porque o inimigo não queria.)

O sol ficou parado no meio do céu e atrasou a sua descida por quase um dia inteiro. Nunca tinha havido e nunca mais houve um dia como este, um dia em que o SENHOR obedeceu à voz de um homem. Isso aconteceu porque o SENHOR combatia a favor de Israel. (Josué 10:13b-14).

Outros artigos de Freedom ARC

Artigo original (em Inglês)


					
Anúncios

Autor: Freedom ARC

Freedom Apostolic Resource Centre, Barnstaple, UK.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s