Espíritos familiares: usurpadores de tronos e destruidores de destino

Mike Parsons
e Jeremy Westcott

Conhecer nossa autoridade

Nessa série de posts estamos vendo como precisamos entrar nas dimensões do céu e trazer autoridade de lá para terra.

Precisamos conhecer Deus intimamente, e saber quem somos. Não há como reinar se não tivermos um relacionamento realmente íntimo com Deus. Como Seus filhos, podemos conhecer nossa autoridade que vem do lugar de intimidade.

Precisamos conhecer nossa identidade como reis e sacerdotes.

Precisamos viver de acordo com os princípios do reino.

Nós precisamos governar na nossa esfera de influência, sobre nossa própria casa. Em nossa própria vida, precisamos ter autoridade, que transbordará ao nosso redor. Esse é o nosso destino. Não fomos criados para sermos perdedores ou fracassados, e sim para ter sucesso. Quando governamos da maneira como Deus deseja, nossa vida é transformada. Cada um de nós pode julgar nas cortes do céu e fazer decretos sobre a nossa própria vida. Ali é o lugar onde Deus trata das acusações de Satanás contra nós, na dimensão celestial, e onde recebemos mandatos que irão nos capacitar a governar e a cumprir nosso destino.

Filhos da Luz

Deus quer nós exibir como Seus filhos na terra: filhos da luz. Cada um de nós pode ser transformado em um filho, de glória em glória.

Antes de nós nascermos de novo como cristãos, nascemos como seres humanos. Adão não começou como um ser humano, você deve estar surpreso com isso. Ele não parecia conosco quando foi criado. A glória, a luz que havia nele, estava do lado de fora do seu corpo. Ele não tinha pele ou sangue como nós. Deus o criou como um ‘ser vivente’, pois o fôlego de Deus foi soprado dentro dele. Mas quando ele pecou e caiu, ele se tornou um ser humano.

Se ele não tivesse pecado, mas sim obedecido a Deus, ele teria se tornado um filho de Deus, semelhante a Ele, um ser de luz. Deus quer que todos nós sejamos seres de luz. Ele quer que todos nós sejamos seus filhos manifestos na terra. Nós podemos ser transformados, ou transfigurados (outra tradução da mesma palavra), podemos brilhar, podemos fazer tudo o que Jesus fez e coisas maiores. Podemos governar, e trazer a terra de volta ao que Deus havia planejado antes da queda de Adão.

Rolo do Destino

Cada um de nós tem um rolo do destino, onde Deus escreveu tudo o que temos que fazer na vida, e tudo aquilo que Ele nos chamou para fazer. Tudo o que está nele foi ordenado e autorizado antes da fundação do mundo.

Cada um de nós tem pelo menos sete esferas de domínio e autoridade: sete tronos para governar em nossa própria vida. Família, trabalho, negócios, escola, faculdade, rua, vizinhança, governo, e todos os outros lugares que fomos chamados para governar. Para alguns de nós, está relacionado aos nossos dons: profético, evangelístico, administração, etc. Para outros é na igreja, onde fazemos parte da liderança, ou um dos cinco ministérios, ou ministérios de jovens ou de crianças. Alguns são chamados para o sistema de educação, outros para o sistema financeiro ou governo, para demonstrar o reino de Deus ali.

Há muitas outras áreas onde Deus nos chamou para dominar, e nós mesmos temos que descobrir para onde somos chamados. O chamado de Deus nos reveste de autoridade para trazermos mudanças, e ver as coisas se alinhando de acordo com o propósito Dele. Cada um de nós pode mudar o mundo em que vivemos; mas somente se recebermos nossa autoridade do céu e aprendermos exercê-la na terra.

A maioria das pessoas nunca viu esse rolo. Nós podemos pedir a Deus para nos mostrar, para que possamos ler ele. Na verdade esse rolo está dentro de nós, e o Senhor quer muito nos mostrar o que está escrito nele, porque Ele quer que nós cumpramos o nosso destino. Nosso rolo é único, porque Deus criou cada um de nós como uma pessoa singular, e com um destino para cumprir. Vamos tomar posse disso. Não vamos permitir que nosso destino seja roubado de nós.

O que poderia nos roubar?

Espíritos familiares

Alguns de vocês já ouviram Ian Clayton falar sobre espíritos familiares, ele tem um ensino poderoso sobre isso. Eu quero te avisar que vamos agora lutar contra esses espíritos, pois eles estão roubando a identidade e o destino do povo de Deus.

Porque ouvi a murmuração de muitos: Há terror por todos os lados! Denunciai, e o denunciaremos! Todos os meus íntimos amigos que aguardam de mim que eu tropece dizem: Bem pode ser que se deixe persuadir; então, prevaleceremos contra ele e dele nos vingaremos. (Jeremias 20:10).

Isso é exatamente o que espíritos familiares fazem. Eles podem estar dentro ou fora de você: vozes suaves sussurrando, te difamando, dizendo que você é inútil, trazendo dúvida e confusão. Eles falam que você não pode ter sucesso, que você é um fracasso, que você vai ter medo pelo resto de sua vida, e que você não tem nada de bom. Eles mentem.

A maioria de nós tem pelo menos meia dúzia de espíritos familiares que ficam sempre falando conosco, a não ser que tenhamos lidado com eles. Precisamos lidar com eles, pois eles estão nos roubando. Eles são aquelas coisinhas que você parece que nunca vai superar, mas que você precisa. Deus está nos dando autoridade e nos capacitando para nós lidarmos com eles. E nós vamos guerrear contra eles.

Usurpadores de tronos, bloqueadores de bênçãos, ladrões do descanço, e destruidores de destino

Eles são usurpadores de trono. Eles negam sua autoridade, e dizem que você não é digno para governar.

Eles são bloqueadores de bênçãos. Eles te impedem de receber a benção e o poder de Deus na sua vida, e dizem que você não vai conseguir.

Eles são ladrões do descanso. Eles te impedem de desfrutar do descanso de Deus, fazendo com que você se esforce e lute com suas próprias forças, sendo que Jesus disse “Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso.” (Mat 11:28).

They are destiny destroyers. They know that if you fulfil your destiny, their days are numbered. You will destroy them, together with their masters, and their masters too.

Então precisamos lidar com eles.

Medo

Para muitos esse é enorme. Por toda vida ficamos sujeitos ao medo da morte, como diz Hb 2:15.

Rejeição

Adão e Eva se esconderam de Deus no Jardim, por isso todos nós nascemos com um sentimento equivocado de separação. Não é de se estranhar porque nos sentimos rejeitados, e o mundo se aproveita disso. Por acaso existe alguém que nunca tenha experimentado alguma forma de rejeição em sua vida?

Orgulho

O orgulho te impedirá de enxergar sua verdadeira natureza como filho de Deus. Orgulho não é simplesmente pensar que você é melhor do realmente é. Na verdade, se trata de discordar com aquilo que Deus diz que você é, e assim concordar com o que o inimigo diz ao seu respeito, que você é inútil, e não vale nada.

Baixa auto-estima

Isso te impedirá de alcançar o sucesso que Deus planejou para você, fazendo você ficar cabisbaixo e acreditar que não tem valor.

Insegurança

Isso vai te impedir de enxergar quem você é realmente: um filho do rei, e herdeiro de tudo aquilo que Ele tem para você.

Dúvida, descrença

Se você não acredita, você nunca terá. Os espíritos familiares querem te manter naquele lugar em que você não representa nenhum perigo para eles, onde toda palavra que sai da sua boca constrói um mundo de incertezas e desilusões ao seu redor.

Ansiedade, preocupação

Essas são apenas outras manifestações de medo. Elas farão você tirar os olhos do seu destino, para que você só enxergue dificuldades corriqueiras, e assim você se torne ineficaz.

Fortalezas, padrões de pensamento, crenças

These are more subtle, but if we allow God to reveal them, we will see how they have robbed us and caused us to miss what is going on right before our eyes.

Deus que tratemos com essas coisas em nossas vidas. Ele quer que recebamos uma coroa de identidade real, e que você receba seu destino. A sala dos troféus de Satanás está cheia dessas coroas, e com os destinos que as pessoas perderam. Nós iremos tomar tudo de volta, tudo o que nos pertence, e que pertence a nossa linhagem familiar e que foi roubado das gerações passada. Deus vai restituir tudo para nós. Receberemos de volta coisas que nem sabíamos que havíamos perdido.

Levante-se

Este é o dia em que todos os mantos que Satanás roubou estão sendo devolvidos ao povo de Deus.

Quero ver você ir lá e pegar tudo de volta, porque você precisa de tudo o que te foi roubado.  Você precisa se levantar em seu espírito, e começar a se mover, e tomar posse de sua autoridade. Você não pode ler isso e dizer, ‘bem, isso é muito interessante’, e continuar agindo da mesma forma que agia antes. Se você acompanha esse blog, você não conseguirá fazer isso, pois vamos estar sempre te desafiando a buscar cumprir seu destino. Deus quer que você lute contra esses espíritos familiares, que você leve isso a sério, e não seja passivo. O reino é tomado por força (Mat 11:22).

O que você quer? Estar debaixo dos pés do inimigo, ou ter ele debaixo dos seus pés? Então você precisa entrar nas dimensões do céu e tomar posse de sua autoridade para governar na sua vida. Você tem que parar de escutar os lixos que estão sendo sussurrados na sua cabeça. Ao invés disso ouça o que Deus diz a você, que você tem autoridade para vencer, pois você foi destinado a ter sucesso.

Vamos orar juntos.

Pai, eu oro
Com o poder e autoridade que o senhor me deu.

Eu exerço essa autoridade
E enfrento os espíritos familiares
Que estão operando na vida daqueles que estão orando comigo.

Eu declaro que vocês espíritos familiares não sussurrarão,
Não difamarão, nem denunciarão o povo de Deus,
Vocês virão para debaixo dos pés deles
E serão esmagados
E enviados de volta ao lugar onde pertencem

Pai, eu declaro no nome de Jesus
A revelação da filiação, do poder e da autoridade
Ao Seu povo hoje.

E oro para que o Senhor libere as coroas de identidade real deles.
Faz eles se erguerem
Para tomar posse do destino deles
E buscá-lo até que seja cumprido.

Agora mesmo eu declaro o destino de Deus
Liberado sobre Seu povo
Para que eles tomem posse dele nas dimensões celestes

Em nome de Jesus.
Amém.

Outros artigos de Freedom ARC
Artigo original (em Inglês)
Outros artigos de Freedom ARC (em Inglês)
Anúncios

Investidura, Sucessão, Entronização, Coroação

Mike Parsons
e Jeremy Westcott  

Sacerdócio real

Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz (1Pe 2:9).

Nós somos realeza e somos sacerdotes.

A função do rei é governar. E no post anterior vimos que, como sacerdotes, temos acesso às cortes do céu.

“O reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele” (Mat 11:12). Isso não acontece com facilidade. Deus ordenou a Adão que ele subjulgasse a terra e a dominasse (Gen 1:28). Antes de governar, há uma batalha; você só dominará se houver algo para ser dominado. Em nossas próprias vidas, temos um monte de coisas que precisamos lidar e subjulgar.

Temos que ser militantes acerca disso. Não podemos sentar e ser passivos, esperando que um dia iremos governar. Cada um de nós tem um destino, e uma identidade, os quais só se tornarão uma realidade na nossa vida, se os agarrarmos, e lutarmos por eles. Paulo disse “mas continuo a correr para conquistar o prêmio, pois para isso já fui conquistado por Cristo Jesus” (Fl 3:12). O reino dos céus é tomado por violência, e os que se esforçam se apoderam dele. Há forças de oposição nas dimensões celestiais, cujo objetivo é nos impedir de governar, sendo assim temos que lidar com elas.

No fim de 2008 ou início de 2009, Deus me deu quatro palavras. Na época, eu as entendi até certo ponto, não compreendi de imediato todas as implicações delas. Essas palavras foram:

  • Investidura
  • Sucessão
  • Entronização
  • Coroação

Investidura

Deus quer nos investir com autoridade. Eu me lembro da investidura de Príncipe Charles como Príncipe do País de Gales em Caernarfon Castle em 1969. No Reino Unido, ser Príncipe do País de Gales significa que você é o herdeiro do trono.

Sucessão

Mas você tem que tomar posse daquela autoridade. O príncipe Charles ainda não subiu ao trono como rei porque a rainha ainda está viva e reinando. Ele só poderá sucedê-la quando ela morrer. Da mesma maneira, não poderemos subir ao trono nas nossas vidas e assumir a nossa autoridade, até que algumas coisas que nos governam morram. Algumas estão nas nossas vidas diárias, mas outras estão nas regiões celestes. Nós precisamos derrotas tais coisas, para que possamos assumir nossa posição.

Entronização

E a sucessão não é suficiente. Somos chamados para ocupar tronos, como já havíamos visto. De uma forma simples, tronos são onde governamos. Se deixarmos esses tronos desocupados, não haverá governo nessas áreas. Ou, pior, esses tronos serão usurpados por outros que querem reinar, e que recebem a autoridade deles do reino em trevas.

Coroação

Finalmente, Deus irá expor nosso governo na terra. Os filhos de Deus serão manifestos. O reino de Deus será na terra assim como é no céu. A autoridade celestial é maior que a terrena, por isso temos que governar nos céus. Ela é infinitamente maior que toda autoridade que opera aqui. As leis do mundo espiritual são mais elevadas (e tem precedentes sobre) as leis do reino natural.

A visão tradicional dos céus

A visão tradicional (grega) dos céus é algo assim:

Nós vivemos no primeiro céu. A bíblia diz que Paulo visitou o terceiro céu, a dimensão onde Deus está (2Co 12:2). Sendo assim, de acordo com o pensamento linear grego, deve haver um segundo céu, onde Satanás e seus anjos e demônios operam. O inimigo tem usado essa ideia errônea, para levar vantagem, pois se nós estamos no primeiro céu, e Deus no terceiro, então nós teremos que atravessar o segundo céu, cheio de trevas, para chegar até Deus. Esse padrão de pensamento nos levou a desistir da ideia de que poderíamos acessar as dimensões celestes.

Algumas pessoas tentaram atravessar o segundo céu, mas foram retaliados, por que tentaram enfrentar um nível maior de autoridade, somente com uma autoridade terrena.

Um nível maior de autoridade

A realidade é diferente. O céu não é linear, e não precisamos atravessar nenhum outro lugar para entrar lá. Aqui novamente está minha representação de como são as dimensões do céu. Se essa é a primeira vez que você está vendo esse diagrama, talvez fosse interessante para você ler mais sobre ele, nos posts anteriores:

Como vimos antes, nós podemos escolher o reino da luz, ou o reino que está em trevas. Essa dimensão terrena está conectada a dimensão espiritual, da qual Deus a criou. De fato só a palavra de Deus que mantém essa dimensão unida.

Ele está nos convidando a entrar nas dimensões celestes, para que possamos trazer um nível maior de autoridade para essa dimensão. Quando fizermos isso, nada nesse mundo ou na atmosfera da terra será capaz de nos deter.

Outros artigos de Freedom ARC
Artigo original (em Inglês)
Outros artigos de Freedom ARC (em Inglês)