126. Uma Sombra do Céu

Mike Parsons
com Jeremy Westcott 

Deus está liberando um som do céu. É um som que nossos músicos – e outros – estão captando. Tem quatro notas, que parecem se relacionar com as quatro faces de Deus e as quatro letras do Seu Nome. Você provavelmente já ouviu isso, e ecos dele começaram a aparecer no louvor e adoração de músicas que as pessoas estão escrevendo ao redor do mundo. É um som bastante longo, talvez escrito como algo como “whoa” ou “wo-oh”. Eu estou ouvindo isso o tempo todo.

Você se lembra do filme “Contatos Imediatos do Terceiro Grau“? Nele, o personagem de Richard Dreyfuss estava obtendo impressões de uma determinada montanha, até mesmo esculpindo-a a partir de purê de batata, e ouvindo uma sequencia de notas que eventualmente o levaram a encontrar vida alienígena. Isso é semelhante ao que Deus está fazendo, mas o que Ele quer que encontremos é Ele, e Ele quer que estejamos em sintonia com nosso destino.

Infinito

O símbolo do infinito (ou lemniscado), ∞, de diversas formas. (Créditos da foto: Wikipedia)

Existe um símbolo matemático que acompanha o som, o símbolo do infinito, que representa a eternidade e sua forma reflete algo que sai e retorna à eternidade. Quando estou adorando, vejo que sem perceber estou desenhando ele no ar.

Tanto o som quanto o símbolo estão nos levando de volta ao nosso destino. Nosso destino veio da eternidade e retornará à eternidade, mas há toda uma jornada e um caminho para seguirmos ao longo do caminho (e Deus está nos chamando para a intersecção, onde nosso passado e nosso futuro se juntam).

Ressoe

Precisamos entrar em ressonância com a frequência desse som. Todo o nosso corpo pode ressoar com ele. Todos os nossos órgãos estão conectados ao nosso centro auditivo, então todo o nosso corpo pode atuar como uma caixa de ressonância. Sendo assim, quando ele vibra nessa frequência, podemos ouvir, sentir e vivenciar esse som.

Que nos chama de volta ao nosso destino celestial.

Quando o Espírito do Senhor Deus estava se movendo sobre a face das águas (Gênesis 1:2) – a NIV e algumas outras versões dizem “pairando” – Ele estava vibrando, trazendo as águas em harmonia com essa frequência de vibração. Foi então que Deus disse: “Haja luz”. E quando respondemos e voltamos à frequência de Deus, Ele começa a falar e a invocar Seu propósito em nossas vidas.

Nossos corpos são cerca de 70% água, e a água conduz o som quatro vezes melhor que o ar. Quando o Espírito de Deus começa a nos encobrir, temos que voltar a frequência de ressonância. Isso foi o que aconteceu com Maria quando o Espírito Santo a encobriu com Sua sombra, e Jesus foi concebido no ventre dela. Quando Ele nos encobrir e nos atrair para ressoarmos com Ele, Ele nos mostra quem somos, qual o nosso destino, e nos trará de volta ao propósito original, que Ele tinha para nós antes da fundação do mundo.

A sombra do céu

Deus fala através de sombras do céu. Sempre que ele vê algo na terra que é uma sombra do que está no céu, Ele começa a falar sobre isso. Aconteceu quando Salomão construiu o templo e os sacerdotes e levitas foram dedicá-lo para Deus. A nuvem de glória encheu o templo e os sacerdotes não puderam continuar com os sacrifícios. Esse templo foi construído com base no que estava no céu e, portanto, Deus o encheu.

Quando nossas vidas entram nesse padrão celestial, e quando a igreja entra nesse padrão celestial, Deus começa a nos encher, para nos fazer crescer. Precisamos experimentar essa unção do Espírito, assim seremos atraídos para a cooperação (alinhamento, concordância, harmonia, ressonância) com Deus e com o padrão para nossas vidas que está no céu.

Esse padrão está escrito em nosso rolo do destino, que saiu da eternidade. Podemos pedir a Deus que nos mostre, e podemos concordar com ele. Quanto mais nossas vidas se tornarem uma sombra desse padrão, mais Ele virá e nos encherá até transbordarmos.

Artigo original em Inglês
Outros artigos de Freedom ARC

Facebook: Vida Sobrenatural (@umavidasobrenatural)

Recursos em Inglês

Blog: Sons of Issachar (www.freedomarc.blog)
Facebook: Freedom ARC (@freedomarc.uk)
Instagram: freedom_arc
Twitter: @freedomarc
YouTube: Mike Parsons’ channel

Autor: Freedom ARC

Freedom Apostolic Resource Centre, Barnstaple, UK.