153. Vos chamei amigos

Mike Parsons 
com Jeremy Westcott

Há um período de treinamento pelo qual temos que passar para nos sentarmos no assento de repouso, no lugar do governo e para trazer a autoridade do reino à nossa vida. Temos primeiro que abandonar o controle de nossas vidas e aprender a ser servos e mordomos. Mas além disso, Deus quer que nós façamos amizade. Em todo esse processo, estamos gradualmente conhecendo os caminhos de Deus (Zc 3:7).

Amigos

Os amigos desfrutam de uma medida de revelação que mordomos e servos não fazem. Ser amigo de Deus vem por meio do relacionamento, mas também acontece por meio da obediência, como veremos.

Maior amor não tem ninguém do que isso, que alguém entregue sua vida por seus amigos. Vocês são meus amigos, se fizerem o que eu te ordeno (João 15: 13-14).

Quando nos rendemos, Ele é capaz de nos levar a um lugar de intimidade e comunhão e revelação, onde Ele nos revela as coisas.

Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que o seu senhor está fazendo; mas vos chamei amigos, porque tudo o que ouvi de meu Pai vos tornei conhecido (Jo 15:15).

Ele quer nos confiar conhecimento e revelação. Isso nos dará uma vantagem no mundo ao nosso redor e teremos o favor de Deus sobre nós. Por causa de nossa fidelidade como servos e mordomos, Ele agora confia em nós com aqueles segredos íntimos que Ele quer compartilhar conosco.

Jesus é senhor. Nós aprendemos como ser um servo e fazer as obras de Deus. Ele então começa a nos confiar como mordomos com mais recursos e responsabilidade. Ele compartilha seu coração conosco quando nos tornamos amigos. Nós começamos a aprender os caminhos de Deus. Nós nos envolvemos com o Espírito Santo e aprendemos a reconhecer Sua voz e a aprender as coisas do Espírito. O Espírito Santo está lá para nos levar a Jesus. Ele não se promove, mas nos leva a Jesus. Jesus se torna mais elevado em nossas vidas.

Senhores

Jesus é o Senhor dos senhores e nós somos os senhores de quem Ele é o Senhor. Ele nos capacita a sermos senhores que governam com autoridade e poder, e começamos a administrar os princípios do reino.

Reis

Jesus também é o Rei dos reis, então entendemos que quando Jesus nos leva a uma revelação de autoridade ainda mais elevada, nós nos tornamos reis. Um rei tem uma autoridade maior e mais ampla que um senhor. Em vez de simplesmente administrar as leis, os reis podem fazê-las. É quando podemos ‘governar a casa’ (Zc 3).

Filhos

Mas Jesus, por sua vez, não quer que permaneçamos em relação com Ele, então Ele sempre nos leva ao Pai. Quando entramos nesse relacionamento com o Pai, podemos operar como filhos. Os filhos operam em um nível totalmente diferente de autoridade e poder do que os senhores e reis.

Este é um processo e uma jornada de treinamento que tudo começa com a rendição. Eu só posso me tornar um filho se eu me tornar um servo. Estou disposto?

Deus está procurando por essa entrega para que possamos julgar as cortes do céu e operar no tipo de autoridade com que a maioria de nós nunca sonhou. Por causa das tempestades que estão vindo no mundo, Deus quer um povo que possa viver dos olhos da tempestade em autoridade e poder como senhores, reis e filhos. Ele deseja um povo que possa administrar o reino de Deus na terra como no céu.

Equipando

Quando a autoridade do reino entra em nossas vidas, podemos ordenar que as coisas ao nosso redor estejam sujeitas ao domínio do reino de Deus. Nós temos autoridade para mudar as coisas para que elas se aproximem dos propósitos de Deus para nossa vida.

Precisamos nos alinhar com o desejo de Deus, nos engajar nos propósitos de Deus e nos separar para nos rendermos ao Seu Senhorio. Ao nos rendermos ao Seu governo em nossas vidas, recebemos o equipamento dele por dentro. Isso nos permite engajar coisas externas para que elas mudem e assumam o reflexo da autoridade interna do reino de Deus dentro de nós. Então podemos entrar no caos e transformá-lo, trazendo paz e ordem, assim como Jesus fez.

Entre, saia

Terminaremos hoje, entrando na presença de Deus e nos comprometendo com Ele, dando um passo atrás, como aprendemos a fazer. Precisamos praticar entrando e saindo da presença de Deus. Isso não é apenas para orações corporativas: em nosso tempo íntimo com Ele, podemos aprender como intervir e orar assim sobre coisas particulares em nossas próprias vidas, e então sairmos trazendo respostas do céu.

Se você quiser chegar àquele lugar de entrega do qual este processo começa, então eu o encorajaria a encontrar um lugar onde você possa ficar, e será capaz de dar um passo à frente. Então, enquanto falamos essas palavras juntas, praticaremos entrando no assento de descanso.

Pai, eu te agradeço por ter feito um caminho para eu entrar em sua presença. 
Pela fé eu passo [dê  um passo adiante]
para o reino da Sua presença 

e peço que me perdoe por não me render completamente 
ao governo absoluto do Seu reino na minha vida. 
Jesus, hoje eu voluntariamente e com desejo, 
renuncio do trono do meu coração 
para que você venha e se sente como Senhor e Rei; 
como senhor dos senhores e rei dos reis sobre a minha vida

Eu entrego meu lugar de descanso,
o trono da montanha 

com seu domínio e governo,
em Suas mãos. 

Eu te dou as chaves do meu coração. 
Eu te dou as chaves para todas as portas do meu espírito, alma e corpo.

Hoje, pela fé, te agradeço
porque você está sentado no trono da minha vida como Senhor.

Treine-me, Jesus,  
para que eu possa me render ao seu Senhorio 
e chegar a esse lugar de maturidade 
para assumir a responsabilidade pela sede do governo em minha vida como um senhor

Agora, Senhor, eu passo para trás [dê um passo atrás] 
para esta dimensão terrena, 
te levando a este reino 
para me ensinar como administrar seu governo do reino 
ao mundo ao meu redor.

Amém.

Ao nos rendermos ao Seu senhorio, Ele nos treinará para sermos senhores, reis e filhos que trarão plenamente a manifestação de Seu reino como é no céu na terra através de nossas vidas.

Outros artigos de Freedom ARC

Página do Facebook: Vida Sobrenatural.
Grupo do Facebook: VIDA SOBRENATURAL (pedir para participar).

Artigo original em Inglês

 

Autor: Freedom ARC

Freedom Apostolic Resource Centre, Barnstaple, UK.