Uma Sombra do Céu

Mike Parsons
com Jeremy Westcott 

Deus está liberando um som do céu. É um som que nossos músicos – e outros – estão captando. Tem quatro notas, que parecem se relacionar com as quatro faces de Deus e as quatro letras do Seu Nome. Você provavelmente já ouviu isso, e ecos dele começaram a aparecer no louvor e adoração de músicas que as pessoas estão escrevendo ao redor do mundo. É um som bastante longo, talvez escrito como algo como “whoa” ou “wo-oh”. Eu estou ouvindo isso o tempo todo.

Você se lembra do filme “Contatos Imediatos do Terceiro Grau“? Nele, o personagem de Richard Dreyfuss estava obtendo impressões de uma determinada montanha, até mesmo esculpindo-a a partir de purê de batata, e ouvindo uma sequencia de notas que eventualmente o levaram a encontrar vida alienígena. Isso é semelhante ao que Deus está fazendo, mas o que Ele quer que encontremos é Ele, e Ele quer que estejamos em sintonia com nosso destino.

Infinito

O símbolo do infinito (ou lemniscado), ∞, de diversas formas. (Créditos da foto: Wikipedia)

Existe um símbolo matemático que acompanha o som, o símbolo do infinito, que representa a eternidade e sua forma reflete algo que sai e retorna à eternidade. Quando estou adorando, vejo que sem perceber estou desenhando ele no ar.

Tanto o som quanto o símbolo estão nos levando de volta ao nosso destino. Nosso destino veio da eternidade e retornará à eternidade, mas há toda uma jornada e um caminho para seguirmos ao longo do caminho (e Deus está nos chamando para a intersecção, onde nosso passado e nosso futuro se juntam).

Ressoe

Precisamos entrar em ressonância com a frequência desse som. Todo o nosso corpo pode ressoar com ele. Todos os nossos órgãos estão conectados ao nosso centro auditivo, então todo o nosso corpo pode atuar como uma caixa de ressonância. Sendo assim, quando ele vibra nessa frequência, podemos ouvir, sentir e vivenciar esse som.

Que nos chama de volta ao nosso destino celestial.

Quando o Espírito do Senhor Deus estava se movendo sobre a face das águas (Gênesis 1:2) – a NIV e algumas outras versões dizem “pairando” – Ele estava vibrando, trazendo as águas em harmonia com essa frequência de vibração. Foi então que Deus disse: “Haja luz”. E quando respondemos e voltamos à frequência de Deus, Ele começa a falar e a invocar Seu propósito em nossas vidas.

Nossos corpos são cerca de 70% água, e a água conduz o som quatro vezes melhor que o ar. Quando o Espírito de Deus começa a nos encobrir, temos que voltar a frequência de ressonância. Isso foi o que aconteceu com Maria quando o Espírito Santo a encobriu com Sua sombra, e Jesus foi concebido no ventre dela. Quando Ele nos encobrir e nos atrair para ressoarmos com Ele, Ele nos mostra quem somos, qual o nosso destino, e nos trará de volta ao propósito original, que Ele tinha para nós antes da fundação do mundo.

A sombra do céu

Deus fala através de sombras do céu. Sempre que ele vê algo na terra que é uma sombra do que está no céu, Ele começa a falar sobre isso. Aconteceu quando Salomão construiu o templo e os sacerdotes e levitas foram dedicá-lo para Deus. A nuvem de glória encheu o templo e os sacerdotes não puderam continuar com os sacrifícios. Esse templo foi construído com base no que estava no céu e, portanto, Deus o encheu.

Quando nossas vidas entram nesse padrão celestial, e quando a igreja entra nesse padrão celestial, Deus começa a nos encher, para nos fazer crescer. Precisamos experimentar essa unção do Espírito, assim seremos atraídos para a cooperação (alinhamento, concordância, harmonia, ressonância) com Deus e com o padrão para nossas vidas que está no céu.

Esse padrão está escrito em nosso rolo do destino, que saiu da eternidade. Podemos pedir a Deus que nos mostre, e podemos concordar com ele. Quanto mais nossas vidas se tornarem uma sombra desse padrão, mais Ele virá e nos encherá até transbordarmos.

Artigo original em Inglês
Outros artigos de Freedom ARC

Facebook: Vida Sobrenatural (@umavidasobrenatural)

Recursos em Inglês

Blog: Sons of Issachar (www.freedomarc.blog)
Facebook: Freedom ARC (@freedomarc.uk)
Instagram: freedom_arc
Twitter: @freedomarc
YouTube: Mike Parsons’ channel

Anúncios

A Prova do Desejo

Mike Parsons
com Jeremy Westcott – 

Busca é a prova do desejo

‘Busca é a prova do desejo’, como nosso amigo Graham Jones diz. Se realmente queremos cumprir nosso destino, vamos focar nosso coração e nosso desejo nisso e buscar.

Vou colocar aqui alguns pensamentos sobre a busca do nosso destino, sem muitos detalhes agora, te encorajo a ler com o seu espírito, para que você veja o que te traz luz…

Dois caminhos

Há dois caminhos nas dimensões celestiais: o caminho do relacionamento e o da responsabilidade. Ambos oferecem oportunidades para transformação. Algumas vezes vou estar em um, algumas vezes no ouro, mas vou andar nos dois.

Intimidade

Não irei a lugar nenhum sem antes desfrutar de intimidade com Deus. Isso envolve ver, ouvir, sentir e experimentar quem Ele é e quem eu sou.

Ressoar

Não somos todos iguais, cada um tem uma canção e um destino. Preciso aprender a ressoar e entrar em concordância, e harmonia com toda a sinfonia do céu. Há um som maravilhoso nas dimensões celestiais que está começando a ser ouvido nessa dimensão, e posso ressoar e entrar em harmonia com ele, e assim contribuir com meu som e minha melodia única.

Permanecer em fé

Eu vou crer, e permanecer em fé. ‘Sem fé é impossível agradar a Deus’. Tenho que confiar Nele, e buscar.

O desejo pelo meu destino

Vou alimentar o desejo pelo meu destino, me alinhar, e submeter minha vida diariamente ao governo de Deus e senhorio de Jesus.

Desvendar meu livro

Vou viver para desvendar meu livro. Não me contentarei até ver que estou vivendo de acordo com ele. Não vou me acomodar com o segundo lugar, nem com a metade; quero viver plenamente meu destino.

Conhecer pela experiência

Há coisas que preciso conhecer pela experiência prática, e não pela leitura ou porque outros me falaram. Preciso conhecer o testemunho que está escrito no céu para mim. Preciso conhecer o sangue de Jesus como meu poder para vencer. Preciso ter revelação sobre minha filiação. Tenho que conhecer as cortes do céu, os jardins, a sala do tesouro, a sala dos vinhos, a sala dos registros, dos mantos e todos os outros lugares nas dimensões dos céus: lugares que eu já estive, ou outras pessoas estiveram. Tenho que conhecer.

Governar

Eu preciso saber o que está no céu para manifestar aqui na terra; preciso conhecer a autoridade que tenho lá, para governar aqui.

Viver nos céus e na terra

Então viverei nos céus e na terra, e manifestarei os céus na terra através de mim.

Artigo original em Inglês
Outros artigos de Freedom ARC

Facebook: Vida Sobrenatural (@umavidasobrenatural)
Facebook (em Inglês): Freedom ARC (@freedomarc.uk)
Instagram (em Inglês): freedom_arc

Dois Testemunhos Ressoando

Mike Parsons
com Jeremy Westcott

Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer (Gálatas 5:17).

Batalha interior

Assim que nascemos de novo, começa uma batalha em nosso interior.

A carne e o espírito começam a guerrear pelo controle. A alma e o corpo dominaram durante toda nossa vida, eles não querem se render. De repente, nosso espírito está vivo
e conectado com Deus, Deus vive dentro de nós. Agora, a cada dia, a cada momento temos que fazer escolhas. Submeter nossa vida ao nosso espírito, ou a nossa alma.

Dois testemunhos que ressoam começam a competir, e irão criar padrões de interferência destrutivos, a não ser que decidamos com firmeza escolher um deles.

A carne não quer o que o nosso espírito deseja, e vice-versa. Se fizermos as coisas que nossa carne quer, nosso espírito não ficará feliz (e Deus também não). Vamos ser honestos conosco: quem está ganhando a competição? A cada dia, quanto estamos vivendo de acordo com os planos e os propósitos de Deus para nossas vidas, e quanto estamos desperdiçando, vivendo de acordo com os desejos da carne? Precisamos nos render diariamente aos propósitos de Deus para nós.

Dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me (Lucas 9:23).

Sacrifícios vivos

Anteriormente postei sobre como nos oferecer como um sacrifício vivo diariamente. Quando fazemos isso, somos transformados, então podemos entrar no nosso destino.

Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos
conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus (Rom 12:1-2).

Nossa mente não é nosso cérebro, é nosso subconsciente, que está em nosso coração.

Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração (Heb 4:12).

Quando nos alinhamos com a Palavra de Deus, isto é, com as escrituras e com aquilo que Ele escreveu no nosso rolo do destino, isto tem um efeito nos nossos pensamentos e intenções do nosso coração. Esses pensamentos são do nosso espírito ou da nossa carne?

A escolha é nossa.

Artigo original em Inglês
Outros artigos de Freedom ARC

Facebook: Vida Sobrenatural (@umavidasobrenatural)

Transformação através da Ceia

Mike Parsons
com Jeremy Westcott – 

Aplicando o Corpo e o Sangue de Jesus

Nós vimos como podemos ser transformados pelo DNA de Deus ao tomar a santa ceia. Aqui estão as declarações que nos fazemos na Freedom Church quando participamos da ceia:

Eu me envolvo no DNA de Deus

Eu tomo posse do poder transformador do corpo e do sangue de Jesus

Eu tomo posse do registro que contém a luz, o som e a frequência da imagem de Deus para transfiguração

Eu tomo posse do registro das dimensões do reino liberadas no meu corpo pelo DNA de Deus

Eu tomo posse desse registro de DNA e aplico aos meus ossos para saúde e completude e para remover todo interruptor hereditário epigenético negativo

Eu falo a minha medula e comando que ela seja uma nova fonte de sangue que irá transformar o DNA das minhas células para que eu possa ser transfigurado e viver para sempre

Eu aplico a frequência do DNA de Deus para me transformar na imagem de Jesus

Eu comando que todo registro genético seja transformado e que meu DNA seja resequenciado em alinhamento com minha imagem eterna

Eu aplico o sangue de Jesus para transformar todo material genético impuro – seja transformado

Eu aplico o sangue de Jesus em todo padrão genético iníquo – seja limpo

Eu ordeno que todo meu material genético resoe de acordo com o DNA de Deus e entre em alinhamento com minha imagem eterna

Eu escolho trazer a imagem do celestial, minha imagem eterna conformada à imagem e semelhança do meu Pai e Irmão no céu, e ser transfigurado para resplandecer Sua glória (1Co 15:49)

Que o fôlego de Deus seja soprado em minha vida, me transformando em um ser vivente, unido ao Senhor e um só espírito com Ele

Eu declaro palavras criativas ao meu DNA para liberar as habilidades sobrenaturais de Deus

Eu ativo a habilidade de ver e mover no reino espiritual

Eu ativo a habilidade de transformar matéria e controlar luz e som

Você pode encontrar a versão em PDF para download aqui: Aplicando o Corpo e o Sangue de Jesus. Sinta-se a vontade para compartilhar.

Atribuição de imagem: A foto da janela de vidro manchado de ‘St Michael the Archangel, Findlay, OH – bread and wine‘ incorporado à imagem na cabeça deste post é de Nheyob (próprio trabalho) [CC by-sa 3,0 (http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)% 5D, via Wikimedia Commons].

Outros artigos de Freedom ARC

Facebook: Vida Sobrenatural

Artigo original (em Inglês)
Outros artigos de Freedom ARC (em Inglês)

 

Ser Espiritual, Ser Vivo, Ser Humano

Mike Parsons
com Jeremy Westcott

Adão foi criado como um ser espiritual, de fato, todos nós fomos. Ele se tornou um ‘ser vivo’ quando Deus soprou Seu fôlego nele. Isto é algo diferente de um ser espiritual. Mas quando Adão pecou, ele se tornou apenas um ser humano, perdendo sua condição de ser vivo, e de ser espiritual, porque seu espírito morreu, separado de Deus.

Nós todos nascemos como seres humanos, com um destino. Cada pessoa nascida desde Adão até hoje, com exceção de Jesus, nasceu como um ser humano. Jesus não veio de um óvulo de sua mãe e um esperma de Deus, Ele veio, em um corpo humano, inteiramente de Deus.

Jesus, o segundo Adão, venceu na cruz. Ele derrotou todos os principados e potestades, e todas as forças espirituais da maldade. Sua vitória nos deu a capacidade para nascer de novo, para ter um relacionamento com Deus, e para revindicar nosso destino.

Isso significa que podemos novamente nos tornar um ser spiritual.

No entanto, precisamos ir além e nos tornar um ser vivo. Precisamos que Deus venha e sopre Seu fôlego em nós, que Ele habite no nosso espírito. Como um ser espiritual, nós temos acesso ao nosso destino, e nosso rolo do destino que está em nosso coração começa vibrar, produzindo um som. Nós começamos, então, a ressoar com ele, e esse som começa a transformar nosso DNA físico e espiritual.

A santa ceia tem um significado muito mais profundo do que imaginamos. No partir do pão e compartilhar do vinho nós somos transformados, pois participamos do DNA de Deus (você pode ler o que Jesus disse sobre comer da Sua carne e beber do Seu sangue em João capítulo 6).

Somente a intimidade com Deus pode  nos mudar e nos transformar no ser vivo que Ele planejou para nós.

Outros artigos de Freedom ARC
Artigo original (em Inglês)
Outros artigos de Freedom ARC (em Inglês)

Concordância, Ressonância e Harmonia

Mike Parsons
com Jeremy Westcott – 

O registro de quem você é

Quando você foi concebido, foi porque dentre cerca de 30 milhões de espermatozoides, apenas um conseguiu fertilizar um óvulo com sucesso. Naquele momento você já mostrou que tem um destino, dado por Deus a você. Você é um vencedor, pelo simples fato de ter nascido.

Nesse momento da concepção, aparentemente há uma explosão de luz. Cientistas não sabem o que é, mas eu vou te dizer: é o seu espírito entrando. A luz e seu rolo do destino irrompem sobre aquele óvulo fertilizado.

Esta primeira célula carrega o registro de 23+23 cromossomos, o registro de DNA da história de seus pais, da aparência deles, e de suas experiências. Mas também carrega o registro do nosso destino eterno, quando seu espírito entra naquilo que vai se tornar seu corpo físico. A ‘substância’ que havia antes (Sl 139) agora se torna a substância da sua vida.

Suas células começam a se multiplicar até que haja cerca de 10 a 15 delas. Então a primeira célula, a que contém aquele registro, implode e se torna seu coração. E seu coração carrega o registro de quem você é.

O coração que pensa

Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele. (Prov 23:7 acf).

Estudos em pessoas com coração transplantado mostram que os pacientes relataram mudanças surpreendentes em seus hábitos e personalidade, fazendo com que eles se tornem semelhantes ao doador original. Com certeza, o coração é muito mais do que um órgão que bombeia sangue no nosso corpo.

O coração pensa. Cientistas descobriram que eles podem detectar pensamentos do cérebro como impulsos elétricos a uma distância de até de 30 cm da cabeça. Há impulsos elétricos similares que vêm do coração, mas que podem ser detectados a cerca de 2 metros de distância.

O coração é um órgão que pensa. A luz dessa escritura, podemos ver o quão importante é como o nosso coração pensa. De um lado, há o registro de DNA, das nossas gerações passadas; do outro, o registro do nosso DNA espiritual, da eternidade. Qual deles iremos ouvir? Com qual deles vamos concordar? Com qual deles vamos vibrar e ressoar? Isso irá determinar quem nos tornaremos, se nos seremos quem Deus nos criou para ser.

Agrada-me

Então, eu disse: eis aqui estou, no rolo do livro está escrito a meu respeito; agrada-me fazer a tua vontade, ó Deus meu; dentro do meu coração, está a tua lei. (Salmo 40:7-8).

Esta passagem está falando sobre o rolo do destino de Jesus. Tudo o que Ele estava destinado a fazer e a se tornar foi escrito no Seu coração, e Ele se deleitou em fazer tudo. Cumprir o chamado e o destino de Deus não é algo penoso, ou estranho para nós, na verdade, é um prazer.

A canção do nosso DNA

Animation of the structure of a section of DNA...
Animação de uma seção da estrutura do DNA (Crédito da foto: Wikipedia)

Nossos corpos têm uma frequência em que eles vibram. Nós carregamos uma canção (duas na verdade). Há um lugar na América onde você pode enviar uma amostra do seu DNA e eles têm um software que irá transformá-la em melodia. Infelizmente, é uma canção criada no caos. Nós fomos formados em pecado e moldados em iniquidade (Sl 51:5), por isso essa canção não reflete a canção do DNA de Deus que nossos corpos também carregam.

Nosso DNA natural vibra de acordo com o caos em que foi criado; nossos rolos vibram de acordo com o destino que Deus nos deu. Com o quê vamos nos alinhar? Tal escolha é que vai determinar quem nós somos, ou quem nos tornamos, o que faremos amanhã, e onde  vamos acabar eternamente. Precisamos entrar em harmonia – fé – concordância (o que você deseja) – com quem você é, e o que Deus diz sobre nós. Isso irá transformar como vivemos, como pensamos, o que acreditamos e como agimos. E consequentemente transformará o mundo.

Cada um de nós é chamado para governar, para exercer autoridade, e para trazer os céus para terra, a fim de transformar o mundo ao nosso redor, e assim alinhá-lo com o eterno propósito de Deus. Se fizermos como Deus diz, ou seja, lidamos com as questões do nosso passado ou presente, perdoamos e liberamos pessoas de qualquer dívida, e ressoamos com a verdade que Deus diz ao nosso respeito, estamos no caminho certo para cumprir nosso destino. Se guardarmos feridas ou dores, trazemos desunião e divisão, e permitimos o inimigo roubar nosso destino.

Dando um tempo?

Hoje, há milhares de pessoas, talvez milhões, que saíram de nossas igrejas, que foram roubadas do destino delas por ouvir o lixo que o inimigo despejou sobre elas. Tais pessoas vivem com mágoa por causa do que a igreja, ou pessoas que fazem parte dela, fizeram para elas, pois somos falhos.

Nós devemos ter cuidado para não ir por esse caminho, dizendo “Eu só estou dando um tempo”. Não podemos parar de buscar a Deus, nem dar um tempo no nosso relacionamento com Ele ou com Seu povo. Precisamos vencer a nós mesmos, perdoar, e seguir adiante nos propósitos de Deus, com o coração aberto para ouvir, vibrar e ressoar de acordo com a verdade do nosso destino em Deus. Além disso, precisamos nos levantar e chamar de volta aqueles que um dia deram seu coração para o Senhor, mas hoje estão vivendo fora dos propósitos Dele. Temos que chamá-los de volta ao destino deles.

Deus tem planos para nós, ‘Só eu conheço os planos que tenho para vocês: prosperidade e não desgraça e um futuro cheio de esperança. Sou eu, o SENHOR, quem está falando.’ (Jer 29:11).

Não seremos roubados. Não ouviremos as mentiras do nosso passado.  Ouviremos e entraremos em harmonia com a eternidade passada, e mudaremos nosso futuro.

Outros artigos de Freedom ARC
Artigo original (em Inglês)
Outros artigos de Freedom ARC (em Inglês)